Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Alargamento do período de faltas

PUBLICAÇÕES SÉRVULO 03 Jan 2022

Foi hoje publicada a Lei n.º 1/2022, que alarga o período de faltas justificadas em caso de falecimento de familiares, nos seguintes termos:

  • De 5 para 20 dias consecutivos, em caso de falecimento de descendente ou afim no 1.º grau da linha reta;
  • De 2 para 5 dias consecutivos, em caso de falecimento de cônjuge não separado de pessoas e bens ou de parente ou afim ascendente no 1.º grau na linha reta. Este aumento é ainda aplicável ao falecimento de pessoa que viva em união de facto ou economia comum com o/a trabalhador/a.

É também previsto o direito a acompanhamento psicológico em estabelecimento do Serviço Nacional de Saúde em caso de falecimento de filhos ou enteados ou de familiares próximos, como o cônjuge ou ascendentes, o que deverá ser solicitado até 5 dias após o falecimento.

Este diploma entra em vigor amanhã, 4 de janeiro de 2022. 

Rita Canas da Silva | rcs@servulo.com

Mariana Nunes Catalão | mnc@servulo.com

Expertise Relacionadas
Laboral